Rodas - Fique de olho no seu cachorro

Cachorros pequenos, grandes, peludos … Não importa o tamanho, é bem provável que ele faça xixi na roda do seu carro! Mas o que as rodas dos carros e os cães têm em comum? A explicação é que os cães são atraídos pelo cheiro que sentem nos pneus, que percorrem vários locais. Vai ser sempre assim, um xixi aqui e ali. E isso muitas vezes pode resultar em qualquer tipo de roda. Pode ser feito de ferro, alumínio, vai estragar por causa do ácido que é a urina e causa oxidação. A mecânica tem toneladas de histórias clássicas, como a deterioração da cabeça dos parafusos, acabando por travar. O problema pode ser tão sério que na hora de desparafusar as porcas, não há escolha a não ser acabar batendo o volante para tirá-las do veículo.

Mas o xixi do cachorro também causa outros danos. Pode causar manchas e descamação na roda. Os fabricantes dizem que o problema está pior. Hoje as rodas de aço e de ligas leves, passam por um tratamento para serem mais resistentes. Mas há outros problemas como as partes baixas do carro, que ainda não conseguem passar pelos tratamentos químicos, como porcas e parafusos podem ficar presos com o xixi ou até mesmo se sua roda raspar na sarjeta e perder um pouco de verniz, ela será mais vulnerável à corrosão.

Para quem tem cachorro e não quer sofrer um problema futuro com as rodas do carro, a sugestão é levar um detergente neutro e lavar as rodas constantemente. Outra solução é proteger as rodas com uma espécie de “bolsa” de vinil ou similar, para cada roda.



Source by Xam Sire

Comments